Infinitamente mais


    “Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimosou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós...”  Ef.3:20
             Houve um tempo em que nós, os brasileiros, achávamos que os recursos naturais do nosso país eram infinitos, intermináveis. Por exemplo, a água; se não cuidarmos dela, e muito bem, podemos ficar sem esse precioso líquido. Nosso maior patrimônio natural, a Amazônia, continua sob forte ameaça do desmatamento ilegal e até do legal. E por aí vai.
            Quando pensamos em nossos recursos pessoais, então, aí é que podemos perceber a grande sombra da finitude, a nossa finitude. Até quantos anos poderemos viver? Vai dar tempo de curtir a aposentadoria? Nossas defesas corporais contra as doenças são infinitas? Nosso conhecimento sobre a vida é infinito? Etc...
            Mas, ao olharmos para Deus, o criador de todas as coisas, das finitas e das infinitas, nos deparamos com a grande luz das possibilidades infinitas. E essas possibilidades podem acontecer em nossas vidas. O apóstolo Paulo afirma que Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos. E através de seu amoroso e profundo poder ele age em nós. Para nos dar infinitamente mais dinheiro, bens, viagens, lazer, conhecimento, poder? Não. As palavras de Paulo no texto de Efésios, fazem parte de uma oração do apóstolo, onde o tema principal é conhecer , experimentar e vivenciar o amor de Cristo em todas as suas dimensões. Não há coisas mais desejáveis nessa vida, do que amar a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmos. Essa dádiva divina, o amor, é infinita, interminável, jamais acaba, como disse o próprio Paulo aos coríntios. Ninguém pode viver de verdade sem esse amor, o amor de Deus, que tanto nos ama.
            Portanto, “...a ele seja a glória, na Igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.”  Ef.3:21


Rev. Joel Vieira da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário