A Ressurreição


“Amigos, permitam-me repassar a Mensagem com vocês mais uma vez – a Mensagem que proclamei e foi recebida por vocês; nela vocês permanecem firmes e por ela foram salvos. (Entendo que a fé que possuem é verdadeira, não um interesse passageiro, e que nela estão firmes de verdade.)
A primeira coisa que fiz foi apresentar a vocês de coração a Mensagem que recebi: o Messias morreu pelos nossos pecados, exatamente como dizem as Escrituras; foi sepultado e se levantou da morte no terceiro dia – mais uma vez, exatamente como dizem as Escrituras. Falei a vocês que ele apareceu vivo a Pedro, depois aos seus seguidores mais próximos e mais tarde a mais de quinhentos seguidores ao mesmo tempo – muitos deles estão por aí (ainda que alguns já tenham morrido) – depois, ele passou um tempo com Tiago e com o restante dos que chamou para falar em seu nome, e, finalmente apareceu vivo a mim. Faz todo sentido que eu viesse por último, pois nem mereço ser incluído no grupo original, como vocês bem sabem, já que passei anos perseguindo a igreja de Deus.
Mas a mim foi concedida a graça bondosa de Deus. E a ela devo tudo que sou. Não posso permitir que sua graça seja desperdiçada. Não trabalhei mais do qualquer um dos outros? Embora os resultados não tenham dependido de mim, mas sim de Deus que me deu graça. Então, não faz diferença se vocês ouviram a Mensagem de mim ou de outro: nós falamos a verdade de Deus e vocês a receberam e creram.
Agora, quero fazer uma pergunta difícil, mas importante. Se vocês se tornaram cristãos crendo que Cristo está vivo, ressuscitado dos mortos, como podem alguns de vocês afirmar que não há ressurreição? Se não há ressurreição, Cristo não está vivo. Se Cristo não ressuscitou, tudo que ensinamos a vocês está errado, e vocês investiram a vida numa ilusão. Além disso, se não há ressurreição, somos culpados de mentir a vocês sobre Deus, e tudo que apresentamos como testemunho de que Deus ressuscitou Cristo não passa de engano.
Se os mortos não podem ressuscitar, então Cristo não ressuscitou, porque ele morreu de fato. E, se Cristo não ressuscitou, vocês continuam na escuridão, mais perdidos que nunca. Para quem morreu, é ainda pior, porque morreram esperando a ressurreição em Cristo. Se tudo que temos de Cristo serve apenas para alguns poucos anos de vida, coitados de nós. Mas, a verdade é que Cristo ressuscitou, sendo o primeiro de muitos que voltarão à vida”. I Co.15:1-20

(A Mensagem: Bíblia em linguagem contemporânea/ Eugene H. Peterson)

Nenhum comentário:

Postar um comentário